sexta-feira, 27 de junho de 2014

Descobrindo o Wattpad

Nos dias de hoje, com a crise que estamos, fica cada vez mais difícil gastar o nosso dinheiro com as ditas "coisas supérfluas" então, gastar dinheiro com os meus queridos livros esta sendo muito difícil. E foi assim, através do meu perfil no face que descobri essa maravilha que é o WATTPAD. Tem estórias lindas, com autores que ainda não são conhecidos mas que, tem uma imaginação fora do sério. Sem contar que as vezes você acompanha como se você tivesse esperando para ver um capítulo novo da sua novela favorita. Muito bom!!  É claro, como que sou uma pessoa muito compulsiva, acabo comprando eles assim  que sai na Amazon. Fazer o quê, não aguento... hehehehe

Pra quem não conhece, e ama livros como eu segue o endereço e o link do meu perfil

http://www.wattpad.com/home  
http://www.wattpad.com/user/AlessandraPena


quarta-feira, 23 de abril de 2014

NAMORE UMA GAROTA QUE LÊ


Namore uma garota que gasta seu dinheiro em livros, em vez de roupas. Ela também tem problemas com o espaço do armário, mas é só porque tem livros demais. Namore uma garota que tem uma lista de livros que quer ler e que possui seu cartão de biblioteca desde os doze anos.

Encontre uma garota que lê. Você sabe que ela lê porque ela sempre vai ter um livro não lido na bolsa. Ela é aquela que olha amorosamente para as prateleiras da livraria, a única que surta (ainda que em silêncio) quando encontra o livro que quer. Você está vendo uma garota estranha cheirar as páginas de um livro antigo em um sebo? Essa é a leitora. Nunca resiste a cheirar as páginas, especialmente quando ficaram amarelas.

Ela é a garota que lê enquanto espera em um Café na rua. Se você espiar sua xícara, verá que a espuma do leite ainda flutua por sobre a bebida, porque ela está absorta. Perdida em um mundo criado pelo autor. Sente-se. Se quiser ela pode vê-lo de relance, porque a maior parte das garotas que leem não gostam de ser interrompidas. Pergunte se ela está gostando do livro.

Compre para ela outra xícara de café.Diga o que realmente pensa sobre o Murakami. Descubra se ela foi além do primeiro capítulo da Irmandade. Entenda que, se ela diz que compreendeu o Ulisses de James Joyce, é só para parecer inteligente. Pergunte se ela gostaria ou gostaria de ser a Alice.

É fácil namorar uma garota que lê. Ofereça livros no aniversário dela, no Natal e em comemorações de namoro. Ofereça o dom das palavras na poesia, na música. Ofereça Neruda, Sexton Pound, cummings. Deixe que ela saiba que você entende que as palavras são amor. Entenda que ela sabe a diferença entre os livros e a realidade mas, juro por Deus, ela vai tentar fazer com que a vida se pareça um pouco como seu livro favorito. E se ela conseguir não será por sua causa.

É que ela tem que arriscar, de alguma forma.Minta. Se ela compreender sintaxe, vai perceber a sua necessidade de mentir. Por trás das palavras existem outras coisas: motivação, valor, nuance, diálogo. E isto nunca será o fim do mundo.

Trate de desiludi-la. Porque uma garota que lê sabe que o fracasso leva sempre ao clímax. Essas garotas sabem que todas as coisas chegam ao fim. E que sempre se pode escrever uma continuação. E que você pode começar outra vez e de novo, e continuar a ser o herói. E que na vida é preciso haver um vilão ou dois.

Por que ter medo de tudo o que você não é? As garotas que leem sabem que as pessoas, tal como as personagens, evoluem. Exceto as da série Crepúsculo.

Se você encontrar uma garota que leia, é melhor mantê-la por perto. Quando encontrá-la acordada às duas da manhã, chorando e apertando um livro contra o peito, prepare uma xícara de chá e abrace-a. Você pode perdê-la por um par de horas, mas ela sempre vai voltar para você. E falará como se as personagens do livro fossem reais – até porque, durante algum tempo, são mesmo.

Você tem de se declarar a ela em um balão de ar quente. Ou durante um show de rock. Ou, casualmente, na próxima vez que ela estiver doente. Ou pelo Skype.

Você vai sorrir tanto que acabará por se perguntar por que é que o seu coração ainda não explodiu e espalhou sangue por todo o peito. Vocês escreverão a história das suas vidas, terão crianças com nomes estranhos e gostos mais estranhos ainda. Ela vai apresentar os seus filhos ao Gato do Chapéu [Cat in the Hat] e a Aslam, talvez no mesmo dia. Vão atravessar juntos os invernos de suas velhices, e ela recitará Keats, num sussurro, enquanto você sacode a neve das botas.

Namore uma garota que lê porque você merece. Merece uma garota que pode te dar a vida mais colorida que você puder imaginar. Se você só puder oferecer-lhe monotonia, horas requentadas e propostas meia-boca, então estará melhor sozinho. Mas se quiser o mundo, e outros mundos além, namore uma garota que lê.

Ou, melhor ainda, namore uma garota que escreve.

Fonte: http://janeladecima.wordpress.com/

quinta-feira, 16 de maio de 2013

#LIVRO: FELIZ ANO VELHO - Marcelo Rubens Paiva








Sabe aquele livro que você lê e te toca no fundo da alma, que te tira o sono e te faz pensar na sua vida inteirinha? Poi bem, foi isso que eu senti quando li o livro: Feliz Ano Velho, de Marcelo Rubens Paiva.
O livro é maravilhoso. O Autor é maravilho. Um livro escrito com a alma, rico em detalhes. Me emocionei muito, chorei e ri muito. O Marcelo é muito cômico. E por mais que o assunto seja sério, ele tratou tudo com muita leveza. Fiquei encantada. Ainda mais que não fazia muito tempo que ele tinha sofrido o acidente, ainda era recente o "negócio todo. A história começa  no dia 14/12/1979 quando o Marcelo (20 anos) mergulha num lago (raso) e lesiona a vértebra, ficando tetraplégico. O livro relata sua vida após o acidente, os medos, o companheirismo da parte dos amigos, relembrando passagens da sua infância  com o pai Rubens Paiva, namoros, sua relação com a mãe, avó e irmãs...  Enfim, um livro recheado de humor, amizades, superação, erotismo. Lindo! 
Estou doida para conhecer mais da suas obras. 

Alessandra Pena
           

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Meu Tipo preferido de Gente

"Meu tipo preferido de gente é aquela que espirra engraçado, que ri com a mão na barriga, que canta e dança qualquer música. Aquele tipo de gente que tropeça e finge que tá correndo, que sai de pijama na rua, que acorda rindo. Gente que não planeja tudo. Gente que pede licença, que diz “obrigado”, que pede desculpas, que chora assistindo filme. Aquele tipo de gente que é muito sincera, mas sabe quando e como falar, aquele que conversa olhando nos olhos. Aquela gente que diz que te ama, que mexe no cabelo dos outros, que lê as coisas no elevador, que conta piada, que joga conversa fora, que te organiza uma festa surpresa, um almoço ou um jantar surpresa… Aquele tipo de gente que te faz sorrir, que te faz sentir importante, que se importa. Aquele tipo de gente que não tem vergonha de ser feliz. Gente que gosta de gente!" 


Autor: Desconhecido




domingo, 22 de julho de 2012

#FILME: DEAR JOHN (QUERIDO JOHN)


Sabe quando tudo esta corrido e você simplesmente vai acumulando as coisas. Acumulando livros e revistas para ler, pilhas de filmes para ver, extratos  bancários para conferir, simplesmente tudo fica de lado. Acho que ando trabalhando muito e esquecendo um pouco de mim. Das coisas que gosto de fazer...  Veja bem, não é que larguei a minha vida pessoal pra lá, ainda gosto dum barzinho no final do expediente com as amigas. Mais é só que,  as pequenas coisas, e são essas que me deixa feliz, isso, eu não estou fazendo com a frequência que gostaria. Então, comecei:

As revistas de fofoca que assino, joguei na reciclagem, só guardei as GLOSS que tem um monte de dica bacana (ia lendo só os pedaços). Aí, comecei. Li todas as revistas que faltavam. Os livros, guardei por ordem de compra e só deixei um no criado-mudo para ler a noite (vou ver se começo hoje). Os DVD´s, para tentar me organizar, os separei por ano (aff, vai vendo). Estava tudo misturado: os que já tinha visto com os que não tinha visto. 
E foi aí que assisti o "Dear John". Não acredito que estava com um filme tão lindo guardado a mais de Um ano e meio e sem verrr!!!!!!!!!!!! Amanda Seyfried como sempre, encantadora. Acho brilhante as atuações dela. Channing Tatum é uma revelação impressionante de 2012. Faz tanto romance como comédia divinamente. Além de parar o transito com aqueles olhos de: "mamãe eu quero colo", da vontade de trazer pra casa...ai ai ai ai Jesuisssssssssss me abana!!!   

O filme conta a história de um rapaz rebelde (John/Channing) criado pelo pai e que acaba se alistando no exército buscando um rumo pra sua vida. Em uma de suas licenças conhece a encantadora (Savannah/Amanda) e eles se apaixonam perdidamente. Mas ela tem que voltar para a faculdade e ele para suas obrigações. Jurando um ao outro se corresponderem e assim depois de um ano ficarem juntos para sempre. No entanto, os atentados de 11 de setembro muda esse destino. Um história linda, uma amor verdadeiro! Me emocionei muito, confesso que me debulhei em lágrimas... 
 Já corri e encomendei o livro, dizem que é lindo.


Pra quem ainda não viu, da só uma olhada no trailer abaixo!!




Bjkas e uma excelente semana!!!!!!!!!!!

Alessandra Pena

sexta-feira, 8 de junho de 2012

#FILME: BRANCA DE NEVE E O CAÇADOR







Amei o filme, muito bom mesmo. Pra mim o filme é exatamente como um conto de fadas deve ser, nada de melação. Os personagens principais são:  Kristen (Stewart) esta ótima - surpreendeu - , Charlize (Theron) divina como sempre e Chris (Hemsworth)  ai ai... nem sei o que falar.
Com direito a "Era uma vez...", princesa preza numa masmorra, bruxa com cara de anjo, anões, príncipe (que nem teve tanto destaque), claro, o foco era o caçador.  Se não seria: Branca de Neve e o Príncipe Encantado. Que de encantado não teve nada.. hehe.
Atores, direção, fotografia, trilha sonora,  estava tudo maravilhoso!! Sai da sala e quase voltei na bilheteria para pegar outro ingresso para a próxima sessão (pena que já era tarde). Uma história com começo, meio e fim. Enfim, vale a pena ver..  




Alessandra Pena

domingo, 27 de maio de 2012

Mudando o que esta incomodando...


                                           





A minha vida é marcada por tentativas que nunca levo adiante. Tentativa de me formar na faculdade de Administração, tentativa de fazer um curso de inglês, um curso de pintura, tentativas de entrar na hidroginástica, de fazer academia, várias tentativas de regime; todas sem sucesso...
Hoje estou com 32 anos e se eu não fizer nada por mim hoje, quem fará? Estou acomodada, literalmente deixando a vida me levar. 
E aí? O que vou ensinar de bom para o meu filho? Nada... Vou ensinar que eu sempre abandonei as coisas na hora que via que era demais pra mim, sem lutar, sem persistir. Sem foco.   
Resolvi que quero mudar, que vou mudar. Tracei metas para a minha vida e pretendo ir até o fim. 
O que esta errado comigo? O peso? É pra já, regime agora!! Hoje estou com 85 quilos, sempre tive muita vergonha de admitir isso. Mas, se eu não encarar a realidade sempre vou encontrar uma desculpa para não seguir adiante. 
O meu canto (AP) já esta a caminho e tenho certeza que dará tudo certo, a economia esta firme (tenho que comprar móveis). 
Em relação ao Xantelasma, tirei na semana passada. Ainda estou com os pontos. Ficou perfeito!!!!!!!
Depois conto o bafão (direito a cair pressão e tudo, sou muito mole..kkk). A "facul" (quero fazer Letras) vou ter que deixar para o ano que vem, estou com muitas despesas com a AP, mas o curso de  inglês  começo agora na turma do meio do ano.

Então fica assim: 
Regime;
Economia para as despesas do AP (que são muitas);
Curso de Inglês no meio do ano;
Faculdade de Letras em 2013.

Vou por partes para fazer direito. Ao contrário de ter um monte de projetos e não concretizar nenhum..


P.S.    No dia da cirurgia para tirar os Xantelasmas cheguei no Hospital  com meia hora de antecedência, enquanto a recepcionista verificava a autorização do convênio chegou mais uma senhora que iria passar com o mesmo médico (parecia que o caso dela era mais grave). O meu procedimento era ambulatorial e não precisava de internação, (fiquei tranquila) realmente era um caso simples. Mas, a senhora que chegou depois de mim foi atendida primeiro porque o horário dela era primeiro, eu é que cheguei adiantada (nervosa). O procedimento da senhora começou com 0:40 min de atraso. Assisti o programa da Ana Maria Braga inteiro (ansiosa) e nada da senhora sair.  Nessa altura do campeonato minha pressão já estava em declive. Quando finalmente ela saiu e me chamaram, eu já estava em pânico, já tinha comido todas as minhas unhas, tremia que nem "Toyota"... Enfim começou o procedimento, levei três agulhadas (eram três Xantelasmas), depois não senti nada, só a gastura que é grande e a respiração ofegante. Quase congelei (o ar estava tinindo). Aguentei firme até o fim. Dar vexame na frente do médico estava fora de cogitação. Meu querido irmão estava de fora me esperando. Como estava quase congelada, minhas pernas meio que estavam travadas e ele não perdeu a oportunidade de dar um zoadinha: "Ué?? A cirurgia  foi no rosto ou na perna? Você parece um robozinho!!!!"  *__* HA HA HA HA  Muito engraçado!!!!!!! Depois a pressão foi voltando.... dormi o resto da tarde... (aproveitei o dia de folga)
Agora terça tiro os pontos....Vixi!!  o.O

 
Alessandra Pena